Home
Imagem: Arca Russa, de Sokurov

Poema de Lucas Perito

Primeira Pedra

Crava na origem da língua

Um traço histórico da derrota

E o silêncio de Adão.

O tempo retrocede entre salas vazias

e o rosto dos séculos.

Se abismarão no tempo

Sem nunca ouvir seu nome –

Uma marca coberta de pó

Num longo mergulho final.


Primera Piedra

Clava en el origen de la lengua

Un trazo histórico de la derrota

Y el silencio de Adán.

El tiempo retrocede entre salas vacías

y el rostro de los siglos.

Se abismarán en el tiempo

Sin nunca oír su nombre –

Una marca cubierta de polvo

En un largo zambullido final.


Primeira Pedra

 

Crava na orixe da lingua

Un trazo histórico da derrota

E o silencio de Adán.

O tempo retrocede entre salas valeiras

e o rostro dos séculos.

Abismaranse no tempo

Sen nunca ouvir o seu nome –

Unha marca cuberta de po

Nun longo mergullo final.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s